2ª Temporada de Atypical reforça sua delicadeza e elegância

A Netflix tem dado destaque à temas pouco debatidos em suas produções originais. Seja sobre a questão do suicídio, em 13 Reasons Why, ou sobre o autismo, com Atypical. Em sua 1ª temporada, o seriado nos trouxe o retrato de Sam, um jovem autista de 18 anos que quer ter sua primeira namorada. Com essa premissa simples e bem divertida, a série demonstra o dia a dia do autista e das pessoas ao seu redor, mostrando dinamicidade e um texto bastante assertivo na comédia. Com isso, a 2ª temporada tinha a missão de superar e entregar ainda mais sobre o assunto. E consegue.

Já familiarizado com os jogos de atração que conduziram boa parte do ano anterior, Sam busca sua independência em suas decisões, criando momentos divertidos. Porém, a série tira um foco na trama que circula o protagonista e consegue dar mais espaço aos outros personagem. Cassey ganha espaço e se torna tão cativante quanto Sam. As dúvidas sobre a nova escola, os desafios do relacionamento e a descoberta da sexualidade dão ao personagem um carisma que não se via tanto na temporada anterior. Paige, como ex-namorada, mas ainda com sentimentos por Sam, entrega amabilidade e momentos de pura risada com suas reações perante ao “método” de relacionamento casual.

Outro ponto assertivo da série, através da sua narrativa fluída, é mostrar o personagem em um grupo de apoio a autistas, sendo formado por atores que convivem com essa condição, e entrega momentos que puxam também para o humor, mas sem ter o tom de chacota perante o público. É uma clara mensagem para mostrar que sim, os autistas são pessoas que podem ter uma independência.

Com um final que mostra que 3º ano da série terá novos desafios, Atypical consegue evoluir em relação a trama e dinamicidade dos seus personagens. Seja na maneira desconstruída com a qual as impressões de Sam funcionam, ou no equilíbrio delicado entre o drama e a comédia.

Sobre Ronan Carvalho 88 Artigos
Designer, Gamer, Membro da Tropa dos Lanternas Amarelos e morador de Hell's Kitchen

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.