A renovação do gênero teen por ‘Sex Education’

As produções voltadas para o público a adolescente na TV tendem a seguir um padrão que acaba por cair nos clichês das paixonites e dos triângulos amorosos, que não agregam muito à trama principal. Apesar das boas intenções e decisões questionáveis em sua segunda temporada, 13 Reasons Why trouxe uma abordagem madura e diferente para o seu público alvo e, divididas as reações do público, conseguiu um novo frescor ao gênero. Uma nova produção chegou para elevar um pouco mais a qualidade.

 

Sex Education chegou à Netflix no dia 11 de Janeiro. Com um título que já denuncia o background da trama, a série nos mostra o jovem Otis (Asa Butterfield), que foge de ser um adolescente comum. Sua mãe ( Gillian Anderson) é uma terapeuta sexual e isso deixou mais marcas no menino do que ela mesma imagina. Otis carrega seus próprios traumas, mas também carrega um talento: depois de ajudar sem querer o valentão bem-dotado da escola, a excluída Maeve (Emma Mackey) o convence a dar “consultas” para os colegas em troca de grana, o que logo se revela um bom e arriscado negócio.

 

Apesar do assunto principal estar no título da série, Sex Education vai mais a fundo ao mostrar os dilemas de uma juventude, que conversa diretamente sobre os mais diversos assuntos: amor, afetividade, relação com os pais e, obviamente, sexualidade, sendo esse último tratado de forma séria mas bem humorada, casando muito bem com as situações.

O elenco, composto majoritariamente por atores estreantes, consegue sustentar a história magistralmente. Destaque para Ncuti Gatwa, que mostra um Eric que cativa pela personalidade, transitando normalmente pela trama como um aluno assumidamente gay – o texto empregado ao personagem é crível, tratando do seu núcleo familiar e escolar de forma leve (sem ser monotemático), deixando-o tão importante quanto o protagonista.

 

Com episódios de 50min de duração, Sex Education é uma das melhores obras que chegaram à TV recentemente, com diálogos que conversam com a juventude e mostram as camadas das relações interpessoais dessa geração, garantindo 5 dados na avaliação. A série já possui sua 2ª temporada garantida, tendo potencial para explorar mais do seus personagens e trazer mais questões a superfície. Aguardemos.

 

Avatar

Ronan Carvalho

Designer, Gamer, Membro da Tropa dos Lanternas Amarelos e morador de Hell's Kitchen