As mudanças repentinas em Hilda

Hilda é uma menina que vive com sua mãe numa pequena cabana numa floresta. Com sua corsa-raposa de estimação, Turig, Hilda vive explorando os arredores da cabana, encontrando diversas criaturas mágicas pelo caminho. Após algumas confusões envolvendo os minúsculos elfos e os colossais gigantes, hilda e sua mãe se vêem obrigadas a mudar de endereço para a cidade mais próxima, Trollsburg, onde a verdadeira jornada/aventura da garotinha começa.

 

Sendo a única criança humana na floresta, criada com homeschooling, Hilda se vê numa situação em que precisa frequentar uma escola, onde deve aprender não só o ensino fundamental, mas como conviver e fazer amizade com outras crianças humanas. Seria um enredo bastante comum, se não fossem as constantes interferências das criaturas mágicas na vida da protagonista. A menina sente um genuíno amor pelas criaturinhas, mas isso atrai inúmeros problemas a Hilda. Além disso, ela é uma criança com um forte senso de justiça e bondade – o que, às vezes, a leva por caminhos tortuosos na intenção de ajudar sua mãe e seus amigos.

 

Baseada na Graphic Novel de Luke Pearson, Hilda mostra para o espectador como é difícil lidar com mudanças repentinas na vida. Por vezes, a garota pensa em desistir de tentar se adaptar, tomando importantes decisões sem ponderar muito sobre o assunto e sobre as consequências delas – se isso não é um retrato da vida, precisarei rever alguns conceitos…

Com humor bem dosado, Hilda cativa crianças e adultos, recebendo merecidos 5 dadinhos.

 

Bianca Cardeal

Bianca Cardeal

Médica Veterinária, entusiasta do projeto Zero Dawn, chefe do P&D da Capsule Corp e a única Luffana que tornou-se Griffana em toda a história de Hogwarts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.