Explorando o Universo Expandido de Star Wars | Tarkin

Tarkin é um dos livros que integram o cânone oficial do universo expandido de Star Wars. Lançado em 2014 nos EUA, o impresso chegou ao Brasil através da editora Aleph, em 2015. Escrito por James Luceno – autor de outros trabalhos como Millennium Falcon, Dark Lord: The Rise of Darth Vader e Darth Maul: Saboteur –, a história ocorre cinco anos após a derrubada da República por Sheev Palpatine (Darth Sidious) e sua autoproclamação como Imperador.

O livro conta detalhes da vida deste personagem (Episódio IV: Uma nova Esperança, interpretado pelo ator britânico Peter Cushing), responsável pelo comando da Estrela da Morte e ordenar a destruição do planeta Alderaan após o interrogatório de Leia Organa. Apesar da curta aparição, o personagem é considerado como um dos grandes vilões do universo de Star Wars, com aparições nas animações Star Wars: The Clone Wars e Rebels, nos filmes Rogue One e no final do Episódio III: A Vingança dos Sith.

Peter Cushing como Tarkin

Para os fãs, a leitura é bastante recomendada, principalmente por Luceno fazer um ótimo aprofundamento na personalidade do personagem, explorando suas origens no planeta Eriadu – localizado na Orla Exterior e governado pela sua família. Suas experiências em sua terra natal ajudam a entender como se formou a personalidade fria e calculista de Tarkin. Essas informações intercalam com o momento presente (na história), onde ainda não foi promovido a Grão-Moff pelo Imperador.

Após um ataque à base Sentinela, local onde secretamente estava se desenvolvendo o audacioso projeto de construção da Estrela da Morte, Tarkin e Darth Vader formam uma força tarefa para investigar quem são os responsáveis pelo ataque, a mando do Imperador – o que os leva a desconfiar sobre a existência de um espião dentro do Império, colaborando com os insurgentes. Durante o processo, a nave particular de Tarkin (Pico da Carniça) é roubada pelos rebeldes, levando o Governador e Darth Vader a uma perseguição implacável, num verdadeiro jogo de gato e rato.

Escritor James Luceno

A dinâmica entre Vader e Tarkin é bem conduzida e com diálogos interessantes. Ambos mostram suas habilidades e experiência em combate durante a ação; combinados, apesar de relutantes, formam uma dupla a ser temida pelos seus adversários.

O tom do livro é mais austero e sisudo; a ausência de humor pode incomodar alguns leitores. A leitura é densa e algumas passagens, de fato, são bem monótonas. Na época de seu lançamento, esse foi um ponto comum nas críticas, inclusive sobre a abordagem mais política. Mas deveria ser diferente? Luceno consegue transmitir essa atmosfera e, nos momentos onde Vader está presente, você consegue sentir a tensão no ambiente, principalmente quando os que estão ao redor tentam decifrar o que o homem por trás da máscara está pensando.

Tarkin é mais um desses personagens que apesar de pouco explorados, chamaram a atenção. Nesse sentido, o livro é um complemento importantíssimo e, apesar de alguns pontos confusos na transição entre períodos da vida do personagem e alguns capítulos mais arrastados, é um trabalho que ajuda a dar a consistência ao Grão Almirante e braço direito do Imperador dentro do universo de Star Wars.