Jeremias – Pele: uma HQ mais que obrigatória, necessária!

A turma da Mônica permeia a cultura brasileira há muitos anos. Difícil encontrar alguma pessoa que não tenha lido ou sequer passado o olho em uma história da turma do Maurício de Sousa. Durante muito tempo, o núcleo principal foi o foco das histórias, mas isso tem mudado desde a criação do selo Graphic MSP, capitaneado por Sidney Gusman. Entre histórias que se passam no espaço e no espectro astral, o selo apresenta, sem sombra de dúvidas, a sua obra mais importante.

‘Jeremias – Pele’ chegou há pouco tempo nas bancas e livrarias, sendo difícil de adquirir um exemplar devido ao grande sucesso. A HQ, escrita por Rafael Calça e desenhada por Jefferson Costa, traz o personagem Jeremias aos holofotes. Com um roteiro impecável – que fala sobre a dura descoberta de uma criança sobre o racismo – a obra é uma verdadeira exposição de como os negros são vistos em diversas mídias. A obra faz uma crítica direta à cultura dos quadrinhos mainstream, mostrando como os super heróis negros são vistos pela sociedade. Choca ainda mais saber que diversas situações vividas pelo personagem são baseadas em acontecimentos reais, vividas pelos criadores da HQ.

Rafael Calça e Jefferson Costa

Jeremias – Pele é uma HQ necessária para uma nova geração negra, que necessita se ver na cultura pop e se sentir representada. Assim como Pantera Negra, a novel carrega nas costas a responsabilidade de trazer à tona está realidade aos leitores. Por fim, o racismo não é uma briga, mas sim uma luta diária.

About Ronan Carvalho 75 Articles
Designer, Gamer, Membro da Tropa dos Lanternas Amarelos e morador de Hell's Kitchen