O acerto da Fox: The Gifted

Comunidade

Por André São Pedro

Esse texto contém alguns spoilers.

A mais nova série scifi da 20th Century Fox Television em co-produção com a Marvel Television – The Gifted – já está em seu 2º episódio e já tem recebido críticas positivas da audiência. The Gifted leva a assinatura do estadunidense Matt Nix (Burn Notice) em parceria com Bryan Singer (diretor do 1° episódio/produtor executivo), um grande fã dos quadrinhos dos X-Men. Em seus 2 episódios, ficou claro que Nix utilizou uma série de referências dos quadrinhos e das diversas produções do Universo X-Men. A série se passa numa realidade em que o cadastro mutante é obrigatório para todos e uma força-tarefa especial – programa sentinela – é designada para caçar e combater ameaças mutantes. Aquela velha história… Em seu 1º episódio os sentinelas já deram as caras, mas não como robôs gigantes, mas aranhas cibernéticas programadas para atacar mutantes. Já é possível perceber que o contexto, como esperado, é de grande preconceito da sociedade dita “normal”.

A série se foca na história da família Strucker. Reed Strucker (Stephen Moyer, True Blood), um promotor federal especializado em processar mutantes contraventores, e sua esposa, a enfermeira Kate Stewart (Amy Acker, Angel) se veem numa difícil situação quando seus filhos Andy Strucker (Percy Hynes White) e Lauren Strucker (Natalie Alyn Lind) acabam por serem revelados como mutantes. Andy Strucker quase destrói a escola quando seu poder desperta durante uma surra que levava dos valentões durante um baile – numa cena que nos faz lembrar Carry, a Estranha (1973/2013). Sua irmã Lauren, ao socorrê-lo, é vista usando seus poderes. Ela é capaz de condensar moléculas do ar de forma a mover objetos e criar campos de proteção. Devido a esse incidente, os irmãos Strucker entram na mira do Programa Sentinela.

Na internet, os irmãos Strucker vem sendo relacionados aos vilões gêmeos Andrea e Andreas von Strucker, os Fenris. Nos quadrinhos os seus poderes são fruto de uma experiência genética durante a sua gestação e são ativados quando eles dão as mãos. Juntos, são capazes de lançar rajadas bioenergéticas poderosas. Entretanto, Lauren Strucker me faz lembrar muito a Sally Blevins (Skids dos X-men), capaz de criar campos de força escorregadios. Andy Strucker parece ser telecinético, mas seus poderes se manifestam como ondas de choque semelhantes às habilidades do personagem Dominic Petros, o Avalanche.

Uma das rés do Promotor Strucker é uma das mais antigas x-men dos quadrinhos: Lorna Dane, a Polaris (Emma Dummont), que já “chega chegando”, dobrando metais. Ela é uma das líderes da Resistência Mutante, um grupo de alcance nacional que luta pelos direitos civis mutantes e abriga mutantes fugitivos. O grupo também conta com o Marcos Diaz, o Eclipse (Sean Teale), capaz de absorver e manipular fótons, além dos nossos velhos conhecidos John Proudstar, o Pássaro Trovejante (Blair Redford) e Clarice Ferguson, a Blink (Jamie chung). E os efeitos especiais da série estão muito bons. A manifestação dos poderes da Blink estão incríveis e bem semelhantes aos da Blink de Dias de um Futuro Esquecido (2014, 20th Century Fox).

O visual da Resistência Mutante nos faz lembrar o grupo da série de TV Mutant X (2001, Marvel Studios), porém com muito menos recursos que os integrantes da antiga série. O grupo vive no que parece ser os destroços da Mansão X. Os X-men e a Irmandade de Mutantes sumiram e tudo pode estar conectado a um desastre causado por um mutante, algo ainda não muito explicado. Parece que isso deflagrou toda a onda anti-mutante da realidade da série. Se esse enredo se confirmar será bastante parecido com o da série Heroes Reborn (2015, NBC), mas esperamos que seja com um melhor resultado… Além disso, alguns easter eggs como o toque de telefone do Eclipse ser o som de abertura do desenho X-men: The Animated Series (1992, Fox), são amostras de que o projeto de Nix visa cativar os fãs da prole mutante de todos os tempos. The Gifted alimentou expectativas e o Tabuleiro Nerd estará de olho.

About Ronan Carvalho 30 Articles

Designer, Gamer, Membro da Tropa dos Lanternas Amarelos e morador de Hell’s Kitchen