Punho de Ferro: 2ª temporada supera 1ª, mas não surpreende

Em 2017, Punho de Ferro chegou à Netflix com um hype grandioso. Vindo na sequência de boas temporadas baseadas em HQs, como Demolidor, Luke Cage e Jessica Jones, a série estrelada por Finn Jones carregava uma responsabilidade imensa. Contudo, entregou uma série chata, que se arrastou por 13 longos episódios, mostrando lutas mal coreografadas – que pouco diziam sobre o mestre das artes marciais da Marvel. Eis que chega sua 2ª temporada, e vemos uma melhoria significativa.

A trama começa após os eventos de Os Defensores, quando Danny Rand assume o papel de proteger a cidade. Vemos também, sua relação com Colleen (Jessica Henwick) se desenvolvendo. No contraponto, temos a volta de Davos (Sacha Dhawan), em uma aliança com Joy (Jessica Stroup) para uma vingança contra Danny.

O primeiro ponto a se falar da 2º temporada é o seu número de episódios: mais compacto, a história ganha mais dinamicidade e agilidade, mas que não deixa escapar momentos chatos, principalmente em subtramas que não desenvolvem a história principal. Outra notória melhoria são as lutas e atuação de Finn Jones no papel principal – o ator está mais à vontade, com menos trejeitos da temporada anterior, conseguindo mostrar uma atuação mais palatável e uniforme ao show. Davos  também merece destaque, dando uma maior complexidade ao personagem em sua busca de vingança, cujos motivos são mostrados em flashbacks, que parecem ser bem assertivos. Destaque para Alice Eve, que interpreta Mary Tyfoid, uma personagem intrigante que carrega consigo habilidades peculiares e um transtorno mental que dá ao seriado contornos interessantes.

A 2ª temporada de Punho de Ferro está longe de surpreender e se mostra ainda bem distante do que a parceria Marvel/Netflix pode entregar, mas apresenta uma clara evolução, com um final que pode trazer uma evolução ainda maior ao personagem e seu universo.

Vale a pena conferir esse arco e o que ele poderá render!

Sobre Ronan Carvalho 91 Artigos
Designer, Gamer, Membro da Tropa dos Lanternas Amarelos e morador de Hell's Kitchen

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.