Yamada-kun to Nananin no Majo: leve e descomplicado

Ryu Yamada, um estudante conhecido como um delinquente em sua escola, se sente cansado das aulas e entediado com a escola do ensino médio. Um dia, ele escorregou na escada da escola e acabou caindo em cima de Urara Shiraishi, a aluna mais inteligente e exemplar da escola. Na enfermaria, Yamada acorda e descobre que ele e Urara trocaram de corpos. Os dois tentam descobrir o que ocasionou a troca para voltarem ao normal.

 

 

Cá estou eu, mais uma vez com um anime de enredo esquisito (kkkkkk). Com este resumo (duvidoso), uma avaliação de 4,5/5,0 e seus 12 episódios na plataforma Crunchyroll – histórias curtas já ganham 90% da minha atenção – decidi pagar pra ver. A história se desenvolve rapidamente, mas sem deixar aquela sensação de correria. As descobertas dos protagonistas em relação ao poder de troca proporcionam boas risadas ao longo dos episódios, mas colocam as pessoas com os corpos trocados em situações que as levam à reflexão sobre suas ações e as de outrem.

 

Como o próprio título menciona, Yamada e seus companheiros vão descobrindo a existência de sete bruxas na escola e suas respectivas habilidades, que também colocam os estudantes em situações hilárias e complicadas com o onisciente e poderoso conselho estudantil.

 

Além dos 12 episódios, Yamada-kun to Nananin no Majo possui 20 volumes de mangá publicados no Japão e um live-action com 8 episódios (7,6/10). Como é um anime curto e com enredo leve e descomplicado, vale a pena conferir e dar algumas risadas. 

 

Bianca Cardeal

Bianca Cardeal

Médica Veterinária, entusiasta do projeto Zero Dawn, chefe do P&D da Capsule Corp e a única Luffana que tornou-se Griffana em toda a história de Hogwarts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.